Conheça a Cidade

Tabatinga - Capital Nacional dos Bichos de Pelúcia, Acessórios Infantis e Enxovais para Bebês HISTÓRICO Em fins do século XIX existiam na região, dois grandes núcleos, a Fazenda Santana e Fazenda São João das Três Barras, cujos domínios vieram a constituir o atual Município. A fazenda São João das Três Barras era assim denominada por fazerem nela, convergência de três córregos: São João, o córrego do meio e o córrego do Cavalo. Joaquim Pinto Ramalho doou ao Bispado de São Carlos vinte alqueires de terras, à margem esquerda do Córrego do Cavalo, em louvor a Nossa Senhora do Bom Conselho. Nesta gleba começou a surgir uma pequena povoação, quando João Satyro instalou uma pequena taberna, em casa alugada de João Lopes Martins. Nessa época Dª. Mariana Antonia de Jesus, uma das herdeiras da fazenda São João das Três Barras, doou uma segunda gleba - dez alqueires - ao Bispado de São Carlos, à margem direita do Córrego do Cavalo. O progresso acentuou-se e a lavoura tomou incremento. Isso levou Ibitinga, a quem pertencia a povoação, a instalar um Distrito Policial, com o nome de Jacaré. Logo depois a denominação foi substituída para tabatinga, por ser o Patrimônio formado por um grupamento de casas brancas, cuja alvura a todos chamava a atenção. Tabatinga em tupi-guarani significa aldeia branca (taba= aldeia, tinga = branca). Em 1911 Tabatinga foi elevada à categoria de Distrito de Paz, continuando a pertencer ao Município de Ibitinga. Seguiu-se uma fase de progresso com a construção das primeiras escolas e, em 1925 foi elevado a Município, cuja instalação deu-se no ano seguinte. Demografia: População 2010: 14.686 Habitantes Unidade Territorial: 369,557 Km² Densidade: 39,74 Habitantes por Km² Gentílico: Tabatinguense Bioma: Cerrado

 topo

Seja visto por centenas de pessoas diariamente

Cadastre-se agora mesmo em nosso guia comercial, conheça agora mesmo nossos planos !